Pescador de Homens

Tiago foi um dos Apóstolos escolhidos por Jesus, tendo a sua vida mudado radicalmente ao aceitar ser um “pescador de homens”.

Os elencos bíblicos que envolvem os Doze mencionam duas pessoas com este nome: Tiago, filho de Zebedeu, e Tiago, filho de Alfeu[2], que são habitualmente distinguidos com os nomes de Tiago, o Maior e Tiago, o Menor. Estas designações não vêm enfatizar a sua santidade, mas sim a importância que lhes é atribuída ao longo do Novo Testamento e na vida de Jesus.

Tiago, assim como Pedro e João, esteve presente em momentos muito importantes da vida de Jesus, nomeadamente na Transfiguração de Jesus e na agonia no horto do Getsémani.

O dia de São Tiago Maior celebra-se a 25 de julho.

Primeiro Apóstolo mártir

No início dos anos 40 do século I, o rei Herodes Agripa, neto de Herodes, o Grande, como nos informa Lucas, “maltratou alguns membros da Igreja. Mandou matar à espada Tiago, irmão de João”[3].

O túmulo de Tiago

O seu corpo teria sido transportado para Espanha. Segundo a tradição, em 831, depois de um fenómeno luminoso, foi descoberto um sepulcro com o epitáfio: “Aqui jaz Jacobus, filho de Zebedeu e de Salomé”. Esse lugar foi denominado Campus stellae (“campo da estrela”), o que originou o nome da cidade de Santiago de Compostela.

Como todos sabemos, Santiago de Compostela lugar tornou-se a meta de numerosas peregrinações. Assim se explica a representação iconográfica de São Tiago, que tem na mão o cajado do peregrino e o rolo do Evangelho, típicos do apóstolo itinerante e dedicado ao anúncio da “boa nova”, características da peregrinação da vida cristã.


[1] http://www.vatican.va/content/benedict-xvi/pt/audiences/2006/documents/hf_ben-xvi_aud_20060621.html;

https://www.vaticannews.va/pt/santo-do-dia/07/25/s–tiago–o-maior–apostolo.html.

[2] Cf. Mc 3, 17.18; Mt 10, 2-3.

[3] Act 12, 1-2.

Categorias: CUFC Celebra