Pages Navigation Menu

Padre José Félix de Almeida

Untitled-2

PADRE JOSÉ FÉLIX DE ALMEIDA

             No passado dia 02, no Hospital do Infante D. Pedro (Aveiro), faleceu o Padre José Félix de Almeida, que contava noventa e um anos de idade. Este sacerdote nasceu em Fermelã (Estarreja), no dia 18 de outubro de 1922, sendo filho de Caetano Ribeiro de Almeida e de Maria Rodrigues da Cruz; depois de frequentar o Seminário Diocesano de Santa Joana Princesa e o Seminário Patriarcal de Cristo-Rei, o arcebispo-bispo D. João Evangelista de Lima Vidal conferiu-lhe a Ordem de Presbítero – celebração que decorreu na catedral de Aveiro.

         O Padre José Félix exerceu o ministério sacerdotal como vigário paroquial do Bunheiro (1953-1955) e de Calvão (1955-1957); em outubro de 1957, foi nomeado pároco de Calvão. Continuando a desempenhar as mesmas funções até setembro de 1961, por mandato do bispo de Aveiro orientou dedicadamente os trabalhos da construção do edifício do Seminário Diocesano de Nossa Senhora da Apresentação, inaugurado em 16 de outubro de 1960. Ao longo dos anos futuros, foi diretor espiritual dos alunos do mesmo Seminário e secretário diocesano da Obra das Vocações Sacerdotais (1960-1964). Em São Bernardo desempenhou o múnus de pároco desde dezembro de 1963 até julho de 2003. Aqui, entregou-se abnegadamente à organização da paróquia, que fora criada em 04 de julho de 1955, e aos trabalhos da construção da igreja matriz e do seu adro, da residência paroquial e do centro pastoral; deu início e dirigiu o Centro Social Paroquial, com várias valências de solidariedade social; e, anuindo ao desejo de várias pessoas, instituiu a Fundação Padre Félix.

         Por tais motivos, em janeiro de 1974, o Presidente da República Portuguesa condecorou-o com as insígnias de primeiro oficial da Ordem de Benemerência; a Edilidade Aveirense, em 12 de maio de 1991, atribuiu-lhe a medalha de Mérito Municipal de prata; a Junta de Freguesia de São Bernardo, em 05 de janeiro de 1994, distinguiu-o com a Medalha de Ouro; e, em 29 de junho de 2013, a paróquia e a freguesia prestaram-lhe uma justa homenagem de gratidão, num programa de diversas alíneas, entre as quais a inauguração de uma estátua em sua honra.

         As exéquias fúnebres realizam-se esta quarta-feira, dia 04, com início às 17.00 horas, na igreja matriz de São Bernardo, sob a presidência do administrador diocesano, mons. João Gaspar, seu condiscípulo no Seminário.

         Apresentamos os nossos sentidos pêsames ao presbitério diocesano e aos seus familiares em luto.

One Comment

  1. Bom Homem que se entregou de alma e coração aos outros,construindo e instruindo todos aqueles que de alguma forma o procuravam. deixou obra para nós continuarmos ( pois era esse o seu animo ). A S. Bernardo deu grande parte de sua vida, que o seu exemplo de Homem dedicado, humilde, bondoso,não seja esquecido, mas sim um passo de continuidade.
    sinceras condolencias a toda a familia e familia cristã.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  • Facebook
  • Google+
  • Twitter
  • YouTube