Pages Navigation Menu

Consagração da Diocese de Aveiro a Nossa Senhora de Fátima

Cerimónia de encerramento da visita da Imagem Peregrina à diocese de Aveiro,

Torreira, 10 de abril de 2016

Consagração da Diocese de Aveiro a Nossa Senhora de Fátima

consagracao

 

Ave, ó cheia de graça.

Ave, ó Mãe de Deus e Mãe da Igreja, Nossa Senhora de Fátima,

com renovada gratidão pela tua presença materna na nossa Diocese de Aveiro,

unimos a nossa voz à de todas aqueles que nos precederam

e que Te proclamam bem-aventurada.

Em Ti celebramos o mistério e as maravilhas de Deus,

que nunca se cansa de inclinar-se com misericórdia

para curar e salvar a humanidade afligida pelo mal e ferida pelo pecado.

Acolhe, ó Mãe Bondosa,

o ato de consagração que hoje fazemos com confiança,

diante desta tua imagem que percorreu os arciprestados da nossa Diocese.

Estamos convictos que cada um de nós é precioso aos teus olhos

e que nada do que habita os nossos corações Te é estranho.

Deixamo-nos alcançar pelo teu dulcíssimo olhar

e recebemos a consoladora carícia do teu sorriso.

Guarda a nossa vida entre os teus braços:

vivifica e alimenta a fé dos nossos sacerdotes, diáconos e consagrados;

ampara e ilumina a esperança de tantos leigos que trabalham

por um mundo mais justo e mais humano;

suscita e anima a caridade para com os mais pobres, doentes, desempregados, refugiados e todas as vítimas da injustiça da nossa sociedade;

abençoa e robustece todo o desejo de bem das nossas crianças, adolescentes e jovens;

ampara os velhinhos que vivem na solidão e no abandono;

ilumina os nossos jovens na descoberta da sua vocação e, de um modo especial,

protege o nosso seminário e os nossos seminaristas;

alimenta e fortalece o amor das nossas famílias,

que elas sejam escola de virtudes humanas e cristãs;

dá-nos coragem para defendermos a vida desde o seu início até ao seu final;

guia a todos nós no caminho da santidade.

Imaculado Coração de Maria,
Ensina-nos o teu amor predileto

pelos pequenos e pobres,

pelos excluídos e sofredores,

pelos pecadores e os de coração transviado,

reúne a todos sob o teu regaço de mãe.

Nós vos pedimos, ó gloriosa Mãe,

protege a nossa Diocese, e a Ti a consagramos,

para que unidos possamos caminhar ao encontro do teu amado Filho, Jesus Cristo Nosso Senhor, que é Deus com o Pai, na comunhão do Espírito Santo.

Ámen.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  • Facebook
  • Google+
  • Twitter
  • YouTube