Pages Navigation Menu

26 PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A EUTANÁSIA

26  PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A EUTANÁSIA

– Uma de cada vez –

            Na sequência dum manifesto a solicitar a legalização da eutanásia em Portugal O Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa publicou em 8 de Março deste ano uma Nota Pastoral com o título «Eutanásia: o que está em causa? contributos para um diálogo sereno e  humanizador». Em anexo apresenta 26 perguntas e respostas sobre a Eutanásia que vale a pena ler com atenção, uma de cada vez.

 

eutanasia_01

 

 

  1. O que são a eutanásia e o suicídio assistido?

            Etimologicamente, o termo «eutanásia» deriva do grego: eu, «boa», e thanatos, «morte».

            Por eutanásia, deve entender-se «uma acção ou omissão que, por sua natureza e nas intenções, provoca a morte com o objetivo de eliminar o sofrimento».

            A ela se pode equiparar o suicídio assistido, quando não se causa diretamente a morte de outrem, mas se presta auxílio ao suicídio de outrem, com o objetivo de eliminar o sofrimento. Também se usa a expressão «suicídio medicamente assistido», porque, de um modo geral, as legislações em vigor em vários Estados exigem que seja um médico a prestar esse auxílio, do mesmo modo que as leis que permitem a eutanásia exigem que seja um médico a praticá-la.

 

(Próxima: Será a eutanásia verdadeiramente uma «morte assistida»)

 

Pe. Franclim Pacheco

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  • Facebook
  • Google+
  • Twitter
  • YouTube