Pages Navigation Menu

“CUIDAR DA CASA COMUM – PREVENIR E EVITAR OS INCÊNDIOS * – Todos, com todos, para todos”

COLÓQUIO sobre “CUIDAR DA CASA COMUM – PREVENIR E EVITAR OS INCÊNDIOS * – Todos, com todos, para todos”

Dia 14 de Julho de 2017 Local: Museu do Vinho da Bairrada, em Anadia Inscrição no colóquio: carregar aqui

Programa

09h30 – Receção de acolhimento dos participantes Representante da Cáritas Portuguesa Vice-Presidente da Cáritas Diocesana de Aveiro Representante do Bispo de Aveiro Vereador da Câmara Municipal de Anadia

Moderação: Dr. Paulo Rocha Director da Agência Ecclesia Secretário da Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais

10h00 – “Incêndios Florestais: Uma reflexão sobre causas e consequências” Orador: Duarte Caldeira Presidente do Centro de Estudos e Intervenção em Proteção Civil 10h30 – Incêndios na Madeira: Uma experiência para a vida. Orador: Manuel Barbeito Presidente da Cáritas Diocesana do Funchal 11h00 – Solidariedade com consequências Balanço da campanha “Cáritas ajuda as vítimas dos incêndios em Portugal” Orador: André Chagas Responsável Operacional da Unidade de Campanhas da Cáritas Portuguesa 11h30 – Coffee-Break 11h45 – Depoimento de vítimas de incêndios florestais 12h10 – Debate com os participantes no Colóquio 12h30 – Sessão de Encerramento, com a presença de: Secretário de Estado da Administração Interna, Dr. Jorge Gomes Presidente da Câmara de Anadia, Eng.ª Teresa Cardoso Presidente da Cáritas de Aveiro, Diácono José Alves Presidente da Cáritas Portuguesa, Dr. Eugénio Fonseca 13h00 – Almoço nas instalações do Museu do Vinho da Bairrada, em Anadia, revertendo o pagamento do mesmo (15€) integralmente para o apoio às vítimas dos incêndios de 2017.

Durante esta manhã serão entregues uma casa em Anadia, alfaias agrícolas a uma família de Águeda e será realizada uma visita a uma fábrica que retomou os 22 postos de trabalho com o apoio da Cáritas, através da campanha de 2016 “Cáritas ajuda as vitimas dos incêndios em Portugal”.

 

* Nota Pastoral da Conferência Episcopal Portuguesa, publicada a 27 de abril de 2017

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  • Facebook
  • Google+
  • Twitter
  • YouTube