Pages Navigation Menu

1ª Caminhada Solidária Pela Vida

Convite à participação, em Aveiro, na 1ª Caminhada Solidária Pela Vida

Convido toda a Diocese a participar na 1ª Caminhada Solidária pela Vida, que se realizará no dia 4 de novembro, às 16.00h., no Cais da Fonte Nova, em Aveiro, iniciativa que se associa à jornada nacional da Caminhada Pela Vida, que ocorrerá, também, em Lisboa e no Porto.

Sob o lema «Toda a vida tem dignidade», esta Caminhada, que ocorrerá, pela primeira vez, em Aveiro, propõe-se manifestar, publicamente, que é dever de todos e de cada um cuidar da vida humana em todas as suas fases e condições, permitindo dar, deste modo, um sinal alegre e vivo de que as gentes de Aveiro cuidam, com dedicação e carinho, de todos os seus. Bem recorda o Papa Francisco que «um ser humano é sempre sagrado e inviolável, em qualquer situação e em cada etapa do seu desenvolvimento.» (Evangelii Gaudium 213).

Atendendo ao cariz solidário conferido a esta iniciativa, todos os donativos oferecidos pelos participantes permitirão apoiar a ADAV Aveiro – Associação de Defesa e Apoio da Vida , uma IPSS de iniciativa de cidadãos que, desde 2000, se dedica a ajudar jovens mães de toda a região de Aveiro e respetivos bebés e famílias e defender a dignidade da vida humana, em todas as suas fases e condições.

Nos últimos 8 anos (2010-2017), a ADAV – Aveiro apoiou 242 grávidas, 14 delas menores de 18 anos e 553 famílias com filhos até 3 anos. Este apoio foi dado não só em géneros alimentícios, leite para bebés, fraldas e roupa, mas também em apoio jurídico, apoio de dentista e de preparação para o parto. Foram apoiadas 1323 crianças.

Em tempos de desafio, em que a vida parece reduzida à condição de descartável ou menos digna de ser vivida quando marcada pela fragilidade, a participação nesta caminhada solidária pela vida será um sinal da unidade de todos em defesa de todos, sem abandono de ninguém. Nesta caminhada como na caminhada da vida, ninguém deve ser deixado para trás. Todos merecem o cuidado, conforto e acompanhamento dos outros. Fazermo-nos próximos é um dever de todo o cristão a quem, por isso, convoco para esta iniciativa que se propõe fins tão nobres.

† António Manuel Moiteiro Ramos, Bispo de Aveiro


 

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  • Facebook
  • Google+
  • Twitter
  • YouTube