Pages Navigation Menu

Igreja de Santo António de Vagos recebe Requiem de John Rutter nesta Quaresma 

Igreja de Santo António de Vagos recebe Requiem de John Rutter nesta Quaresma 

Órgão, harpa, jogo de sinos, xilofone, oboé,  auta e tímpanos serão os componentes musicais numa obra interpretada pelo coro Musicam Sacram sob a direção de Rui Soares que aborda a morte num sentido de superação e renascimento.

 

No próximo dia 23 de março, pelas 21 horas, a Igreja Paroquial de Santo António de Vagos vai receber o Concerto de Quaresma no qual será interpretado o Requiem de John Rutter, através do coro Musicam Sacram, sob a direção de Rui Soares. Este concerto está relacionado com a abertura da Semana Santa, que inicia com a celebração dos Ramos e que culmina com o domingo de Páscoa. Para Rui Soares, “este concerto reveste-se de um caráter espiritual enormíssimo, pelo facto de ser dedicado à música

sacra comtemporânea numa das suas vertentes mais eruditas. A obra a ser interpretada é uma missa que é feita para a liturgia dos defuntos. Neste caso o tema da morte e da ressurreição para os cristãos é predominante, na medida em que a morte signi ca a tristeza para quem  ca, mas simultâneamente é o exaltar do nascimento para a vida eterna”. Segundo Rui Soares “esta é uma temática que tem interessado a todos os compositores, nomeadamente John Rutter que não fugiu a esta linhagem milenar

de tratar a vida depois da morte e criou este Requiem inspirado no francês Fouret, numa obra que dedicou ao seu pai, entretanto falecido”. Este é um Requiem que junta duas tradições, a do texto latino e de algumas partes em inglês, quebrando de alguma forma o tradicionalismo vigente, tornando-se por isso inovador, e por este facto extremamente atrativo para quem presenciar um momento de interpretação erudita e que vai ser colocado numa perspetiva de meditação e de esperança.

 

 


 

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  • Facebook
  • Google+
  • Twitter
  • YouTube