Pages Navigation Menu

Dia Mundial de Oração pela Santificação dos Sacerdotes

Mensagem para o Dia Mundial de Oração pela Santificação dos Sacerdotes

No próximo dia 28 de junho, ocorre a Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, em cuja ocasião se celebra anualmente o Dia Mundial de Oração pela Santificação dos Sacerdotes.

Trata-se, de facto, de uma preciosa ocasião para os presbíteros fazerem memória do dom recebido, redescobrirem-no de maneira nova e partilharem as dificuldades e as alegrias do ministério pastoral.

Jesus definiu-se a si mesmo como pastor, e com esta imagem quis fazer-nos compreender em que consiste o ministério do seu sacerdócio: guiar o rebanho pela sua palavra e garantir a verdade do seu ensino pelo testemunho do dom de si mesmo, até «à morte e morte de cruz». Ele oferece-se em sacrifício para nos comunicar uma vida abundante, especialmente pela Eucaristia.

Esta missão exige que ponhamos em ação toda a nossa vida. O pastor da comunidade cristã compromete em primeiro lugar a sua fé e a sua caridade; não pode ter a intenção de as fortificar nos outros, se primeiro não as possuir em si mesmo; como também não é capaz de infundir ânimo e fortaleza nos outros, se ele mesmo não tiver uma grande esperança: «Na edificação da Igreja devem os presbíteros conviver com todos com a máxima humanidade, a exemplo do Senhor» (PO 6).

Todos os homens são «cordeiros» ou «ovelhas» do Senhor. Ser seu pastor é conduzi-las para Ele e reuni-las à sua volta. O Papa Francisco pede a cada um de nós: «sejam pastores com o cheiro de ovelhas, pastores no meio do seu rebanho e pescadores de homens».

Este dia de oração pela santificação dos sacerdotes deve ser um momento importante de espiritualidade e de fraternidade sacerdotal e também uma ocasião para agradecer o dom dos sacerdotes e diáconos da nossa diocese de Aveiro. As comunidades cristãs, ao mesmo tempo que dão graças a Deus pelo dom do sacerdócio, devem empenhar-se em descobrir, acarinhar e ajudar a crescer novas vocações para o sacerdócio e para a vida consagrada.

Onde for possível, haja momentos de oração comunitária nas paróquias pela santificação dos nossos sacerdotes, porque um sacerdote santo faz santo o povo que lhe foi confiado.

 

Aveiro, 20 de junho de 2019 (Solenidade do Corpo de Deus).

+ António Manuel Moiteiro Ramos, Bispo de Aveiro.


 

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  • Facebook
  • Google+
  • Twitter
  • YouTube