Pages Navigation Menu

Alunos de EMRC e Multimédia da Secundária de Albergaria-a-Velha realizam filme sobre S. Paulo

Os alunos de 12º ano de EMRC, com a colaboração do curso de Multimédia do AEAAV, sob a coordenação dos professores Paulo Teixeira Calhau e Luís M. P. Silva, realizaram o filme ‘Desiderato Deo – Paulo regressa ao areópago de Atenas’.

Como referem em nota de apresentação deste filme, ‘Desiderato Deo’ é um olhar contemporâneo sobre Atos 17, 16-33, narrativa que descreve a dura visita de Paulo de Tarso ao areópago de Atenas, onde encontra um altar ao ‘Deus desconhecido’ (‘Ignoto Deo’).’

Nota de apresentação

‘Desiderato Deo – Paulo regressa ao areópago de Atenas’ é a mais recente produção da equipa que realizou os premiados filmes ‘Emilagrando’, ‘Noé, acque di Dio’ e ‘David, um amor demasiado humano’.

A dura experiência de Paulo de Tarso na Atenas do primeiro século é o motivo para uma reflexão sobre as maiores inquietações da humanidade.

‘Quem somos?’, ‘Donde vimos?’, ‘Para onde vamos?’ são interrogações omnipresentes, ainda que implicitamente, nesta curta-metragem que começa na Atenas dos tempos de Jesus Cristo e vem até às ‘Atenas’ do pós-Revolução Francesa.

‘Desiderato Deo’ é um olhar contemporâneo sobre Atos 17, 16-33, narrativa que descreve a dura visita de Paulo de Tarso ao areópago de Atenas, onde encontra um altar ao ‘Deus desconhecido’ (‘Ignoto Deo’).

Como então, na nova Atenas de hoje, a voz de Paulo pretende encontrar e construir pontes com o desejo profundo de Deus a quem os atenienses dedicam um altar (ao Deus desconhecido – ‘ignoto Deo’), mas a sua palavra resvala na indiferença dos seus interlocutores.

Desiderato Deo fala-nos de um desejado Deus (Desiderato Deo) não apenas desconhecido (Ignoto Deo), mas, tantas vezes, rejeitado.

Este é um filme em que a força da simbologia do mar, da crisálida e da borboleta desperta o espetador para a densidade do mistério que nunca se esgota e permanece esquivo a toda a limitação.

Desiderato Deo é um filme inquietante, porque fala da inquietação humana!

Uma produção dos alunos de 12º ano de EMRC com a colaboração dos alunos de Multimédia do AEAAV, sob a coordenação dos professores Paulo Teixeira Calhau e Luís M. P. Silva.


  • Facebook
  • Google+
  • Twitter
  • YouTube