Pages Navigation Menu

Todos os Santos e Fiéis Defuntos sem missas nos cemitérios

Todos os Santos e Fiéis Defuntos sem missas nos cemitérios

O Conselho de Arciprestes dedicou parte da sua reunião de 1 de outubro à questão dos dias de Todos os Santos e Fiéis Defuntos, respetivamente, 1 e 2 de novembro, decidindo que não haverá celebrações nos cemitérios. O conselho, constituído pelos arciprestes, vigário geral e responsáveis dos diversos setores pastorais [do seminário à liturgia, da pastoral juvenil à pastoral social], e presidido pelo Bispo de Aveiro, elaborou cinco indicações que reproduzimos na íntegra:

1. A Igreja não tem autoridade sobre os cemitérios. Por isso a sua abertura ou não depende das autoridades civis, neste caso as Juntas de Freguesia ou as Câmaras Municipais.

2. Quer no Domingo, Dia de Todos os Santos, quer na segunda-feira, em que se comemoram os Fieis Defuntos, não haverá celebrações nos cemitérios.

3. As celebrações de domingo serão nas Igreja, embora, quem tenha espaços largos e suficientes e respeitando as normas da DGS, as distâncias determinadas, o uso de máscaras e a desinfeção das mãos, o possa fazer ao ar livre

4. Os sacerdotes deverão ir aos cemitérios, rezar pelos defuntos da sua paróquia, mas sem determinar a hora.

5. Estas indicações deverão ser comunicadas a toda a Diocese.


 

  • Facebook
  • Google+
  • Twitter
  • YouTube