Pages Navigation Menu

D. António Francisco – Bispo eleito do Porto

SKMBT_C22414022012530_0001_960px

O Papa Francisco nomeou D. António Francisco dos Santos como novo Bispo do Porto. A nomeação foi tornada pública esta manhã, dia 21 de fevereiro, pela Sala de Imprensa da Santa Sé. A data da entrada solene na diocese do Porto será indicada proximamente.

Mensagem de D. António Francisco à diocese de Aveiro

Mensagem de D. António Francisco à diocese do Porto

Agradecimento da diocese de Aveiro

Saudação da Diocese do Porto

Comunicação à Imprensa

Biografia e Currículo de D. António Francisco dos Santos

Nascido em Tendais, Concelho de Cinfães, Diocese de Lamego, no dia 29 de agosto de 1948, D. António Francisco dos Santos é bispo eleito do Porto.

Ingressou no Seminário Menor Diocesano de Resende, em 1959, e concluiu o Curso Superior de Teologia no Seminário Maior de Lamego, em 24 de Junho de 1971. Foi ordenado sacerdote a 8 de dezembro de 1972, tendo sido nomeado coadjutor da Paróquia de S. João Baptista de Cinfães.

Em julho de 1974 foi enviado para Paris a fim de prosseguir os estudos, concluindo a licenciatura em Filosofia (1977) e o mestrado em Filosofia Contemporânea (1979), na Faculdade de Filosofia do Instituto Católico de Paris. Obteve ainda o diploma de Sociologia Religiosa. Durante os anos de estudos em Paris, foi membro da Equipa Sacerdotal da Paróquia de S. João Baptista de Neuilly-sur-Seine, assumindo a responsabilidade Pastoral da Comunidade Portuguesa Emigrante.

Regressado a Portugal, foi membro da Equipa Formadora do Seminário Maior de Lamego e, de 1986 a 1991, Vice-Reitor do mesmo Seminário.

Na diocese de Lamego assumiu diversas funções: delegado Episcopal para a Formação do Clero, responsável da Pastoral Universitária da Cidade, secretário Diocesano da Pastoral das Migrações e membro da Equipa Sacerdotal da Paróquia de Santa Maria Maior de Almacave, chefe de redacção no Jornal Diocesano “Voz de Lamego”, Vigário Episcopal do Clero e Pró-Vigário Geral da diocese.

Em 21 de dezembro de 2004 foi nomeado, por João Paulo II, bispo titular de Meinedo e auxiliar da Arquidiocese de Braga. A ordenação episcopal aconteceu a 19 de março de 2005, na Catedral de Lamego.

No ano seguinte, a 21 de setembro, foi nomeado pelo Papa Bento XVI, Bispo de Aveiro iniciando o ministério episcopal a 8 de dezembro de 2006.

Na Conferência Episcopal Portuguesa foi presidente da Comissão Episcopal Vocações e Ministérios e vogal da Comissão Episcopal da Educação Cristã.

É, desde 2011, presidente da Comissão Episcopal da Educação Cristã e Doutrina da Fé e vogal do Conselho Permanente da CEP.

  

Biografia e Currículo de D. António Francisco dos Santos

Nasceu a 29 de agosto de 1948, no lugar de Mourelos, freguesia de Tendais, concelho de Cinfães, diocese de Lamego, distrito de Viseu, filho de Ernesto Francisco e de Donzelina dos Santos, sendo baptizado na Igreja Matriz de Tendais a 2 de Outubro de 1948, pelo pároco Pe. Manuel Pinto Afonso.

Frequentou a Escola Primária de Meridãos – Tendais de 1955 a 1959.

Foi aluno dos Seminários Diocesanos de Resende e de Lamego de 1959 a 1971, concluindo o Curso Superior de Teologia em 24 de junho de 1971.

Ordenado Diácono em 22 de agosto de 1971,fazendo o Estágio Pastoral na paróquia de S. João Baptista na Vila de S. João da Pesqueira.

Ordenado Sacerdote, na Catedral de Lamego em 8 de dezembro de 1972, por D. António de Castro Xavier Monteiro.

Coadjutor da paróquia de S. João Baptista de Cinfães, de dezembro de 1972 a junho de 1974.

Em julho de 1974 foi enviado para Paris, onde concluiu a Licenciatura em Filosofia em 1977 e o Mestrado em Filosofia Contemporânea em 1979, na Faculdade de Filosofia do Instituto Católico de Paris. É igualmente diplomado em Sociologia Religiosa pela Escola Prática de Altos Estudos em Ciências Sociais e pelo Centro Nacional de Investigação Científica de Paris (C.N.R.S.).

 Durante a sua permanência em Paris, assumiu a responsabilidade Pastoral da Comunidade portuguesa emigrante da paróquia de S. João Baptista de Neuilly-sur Seine.

 Regressado a Portugal foi membro da Equipa Formadora do Seminário Maior de Lamego, com as funções de Professor, Secretário, Ecónomo e Vice-Reitor de 1986 a 1991.

 Membro do Conselho de Presbíteros desde 1979.

 Em 19 de março de 1991, nomeado Cónego Capitular da Sé Catedral de Lamego.

 Em 05 de dezembro de 1997, nomeado Prelado de Sua Santidade, o Papa João Paulo II.

Exerceu ainda as funções: delegado Episcopal para a Formação do Clero, Responsável da Pastoral Universitária, Secretário Diocesano da Pastoral das Migrações, Chefe de Redacção da “Voz de Lamego”, Vigário Episcopal do Clero.

À data da nomeação episcopal exercia os seguintes cargos e funções:

– Pró-Vigário Geral da diocese desde 19 de março de 2000;

– Membro da Equipa Sacerdotal da Paróquia de Santa Maria Maior de Almacave desde 1991;

– Professor do Instituto Superior de Teologia do Núcleo Regional das Beiras da Universidade Católica Portuguesa;

– Professor do Centro de Promoção Social Rural de Lamego e Director da Escola Profissional de Lamego – Instituição da Diocese de Lamego, desde 1996;

– Secretário do Conselho de Presbíteros;

– Director Espiritual Diocesano do Movimento dos Cursos de Cristandade, desde 1996;

– Conselheiro Espiritual das Equipas de Nossa Senhora;

– Vice-Presidente da Associação de Ajuda Mútua do Clero de Lamego (Fraternidade Sacerdotal);

– Membro da Direcção da ASEL – Associação dos Antigos Alunos de Lamego.

Nomeado Bispo Titular de Meinedo e Auxiliar da Arquidiocese de Braga, em 21 de dezembro de 2004 e ordenado Bispo em 19 de março de 2005, na Catedral de Lamego.

Nomeado Presidente da Comissão Episcopal Vocações e Ministérios da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) em 2005.

A 21 de setembro de 2006 foi nomeado Bispo de Aveiro.

A 8 de dezembro de 2006 tomou posse como Bispo de Aveiro, na Catedral de Aveiro.

Em junho de 2008 foi reconduzido como Presidente da Comissão Episcopal Vocações e Ministérios da Conferência Episcopal Portuguesa e nomeado Vogal da Comissão Episcopal da Educação Cristã da Conferência Episcopal Portuguesa.

Em 2011 foi nomeado presidente da Comissão Episcopal da Educação Cristã e Doutrina da Fé e vogal do Conselho Permanente da Conferência Episcopal Portuguesa.

 

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  • Facebook
  • Google+
  • Twitter
  • YouTube