Santa Teresa do Menino Jesus[1]

Thérèse Françoise Marie Martin, filha de Zélia e Luís Martin, nasceu em França em janeiro de 1873.  Aos quatro anos perdeu a sua mãe e, com a entrada progressiva de quatro das suas irmãs para o Carmelo, sentia-se muito sozinha, apesar do carinho que recebia do seu pai.

 

Também ela, aos 15 anos, entrou para o Mosteiro das Carmelitas de Lisieux, com a autorização do Papa Leão XII, com o desejo de “salvar almas” e “rezar pelos sacerdotes”. Quando faz os seus votos religiosos, recebe o nome de Irmã Teresa do Menino Jesus e da Santa Face. 

Acontecimentos da “História de uma alma” e morte

Teresa escreveu um diário, a pedido da Superiora, onde deixou algumas anotações sobre as etapas da sua vida interior. Em 1895, escreveu: “No dia 9 de junho, festa da Santíssima Trindade, recebi a graça de entender, mais do que nunca, quanto Jesus quer ser amado!”.

A espiritualidade de Santa Teresa baseia-se na prática do amor a Deus através das pequenas ações. Na sua autobiografia, História de Uma Alma, escreve ainda que “Há somente uma coisa a ser feita: oferecer a Jesus as flores dos pequenos sacrifícios”. Esta aceitou os “espinhos” presentes na sua vida, oferecendo os seus sacrifícios pelas intenções da Igreja e pela salvação das almas.

A vida de Santa Teresa foi uma vida de humildade, simplicidade e confiança plena em Deus. Os seus últimos dois anos de vida não foram vividos em agonia, mas sim em alegria: “Jesus, a minha alegria é amar-te”. 

Morreu devido a uma tuberculose em setembro de 1897, após nove anos de vida religiosa, com 24 anos. As suas últimas palavras foram dirigidas a Jesus. Olhando o crucifixo que segurava nas mãos, disse: “Oh! Amo-O. Deus meu… Amo-vos!”. 

Em 1923, foi beatificada pelo Papa Pio XI, que a considerava a “estrela do seu Pontificado”, e canonizada em 1925. Santa Teresa é considerada a irmã dos pecadores, dos distantes, dos ateus e dos desesperados, sendo declarada, em 1927, a Padroeira Universal das Missões Católicas.

A sua memória litúrgica celebra-se a 1 de outubro.


[1] https://www.vaticannews.va/pt/santo-do-dia/10/01/s–teresa-do-menino-jesus–virgem-carmelita–doutora-da-igreja–.html

https://pebesen.wordpress.com/2013/09/30/santa-teresinha-e-o-pequeno-caminho/

Categorias: CUFC Celebra