Pages Navigation Menu

Nomeações para o ano pastoral de 2019-2020

Nomeações para o ano pastoral de 2019-2020

Somos uma Igreja que peregrina em terras de Aveiro, com as suas luzes e sombras, mas que deseja cada dia ser fiel ao seu Senhor que, antes de subir para o Pai, traçou aos seus apóstolos todo um programa pastoral: «Ide, fazei discípulos todos os povos…, Eu estou convosco todos os dias, até à consumação dos tempos» (Mt 28,19-20).

Somos conscientes de que vivemos tempos de mudança que despertam na nossa Igreja novos desafios, com os quais temos de nos confrontar. O último censo à prática dominical, realizado na Quaresma passada, é um exemplo claro disto mesmo.

Ser Igreja significa ser povo de Deus e isto exige de todos os batizados serem fermento de Deus na nossa Diocese, lugar de misericórdia, onde todos se sintam acolhidos, amados, perdoados e animados a viverem segundo o Evangelho (cf. EG 114).

As nomeações para o próximo ano pastoral foram as possíveis segundo as nossas capacidades de pessoas e meios, mas são também um desafio a que todos nos empenhemos na obra da evangelização.

A vocação dos ministros ordenados (bispo, presbítero e diácono) é a do serviço na e para a comunidade à volta da Eucaristia, raiz e eixo de todas as comunidades cristãs.

O ministério ordenado habilita o presbítero a agir in persona Christi. A sua missão não é dele, mas é a própria missão de Jesus: «Os presbíteros são, na Igreja e para a Igreja, uma representação sacramental de Jesus Cristo Cabeça e Pastor…» (PDV 15). Por isso, duas dimensões devem estar sempre presentes na vida dos sacerdotes e diáconos: a dimensão humana e a dimensão espiritual. É essencial estar presente e próximo dos irmãos e consciencializar-se que a identidade presbiteral não se mede por aquilo que o sacerdote faz nem pelo modo como organiza a paróquia, mas sim em ser discípulo verdadeiramente enamorado do Senhor, cuja vida e ministério se fundamentam na intimidade com Deus, que dê lugar a uma verdadeira configuração a Cristo, Bom Pastor.

Tendo presente o bem da Diocese e de todas as comunidades, e depois de ter ouvido algumas instâncias diocesanas, em diálogo com todos os nomeados, hei por bem proceder às seguintes nomeações:

 Paróquias

P. Abílio Manuel Ferreira Araújo – pároco das paróquias da Branca e Ribeira de Fráguas, no arciprestado de Albergaria-a-Velha.

P. Victor Marques Cardoso – pároco das paróquias de Torreira e S. Jacinto, no arciprestado de Estarreja-Murtosa.

P. José Augusto Ferreira Martins Fernandes, salesiano, – pároco da paróquia de Mogofores, no arciprestado de Anadia e com licença do Provincial dos Salesianos. Agradecemos ao P. Joaquim Taveira da Fonseca toda a dedicação prestada como pároco de Mogofores.

P. Fernando Lacerda Ferros – pároco de Calvão, no arciprestado de Vagos, acumulando com as paróquias de Santo André de Vagos e Gafanha da Boa Hora. Agradecemos ao P. José Arnaldo Simões toda a dedicação prestada a esta mesma paróquia de Calvão.

P. Jorge Manuel dos Santos Gonçalves – Vigário paroquial das paróquias do Monte, Pardelhas e Murtosa, no arciprestado de Estarreja-Murtosa e colaborador do Ordinariato Castrense como capelão.

P. Pedro Rafael Araújo Oliveira – Vigário paroquial da paróquia da Glória, no arciprestado de Aveiro e membro do Departamento da Catequese da Infância e Adolescência do Secretariado Diocesano da Educação Cristã.

P. José André dos Santos Ferreira – Vigário Paroquial da paróquia de São Salvador de Ílhavo, no arciprestado de Ílhavo, com licença do Superior-Geral do Instituto Missionário Pia Sociedade São Paulo.

 

Diáconos

Diácono Manuel Carvalhais – Colaborador paroquial de Calvão e das paróquias confiadas ao P. Ivanil José Portela, no arciprestado de Vagos.

Diácono Afonso Diniz Dias – Colaborador paroquial de Macinhata do Vouga e Valongo do Vouga e responsável diocesano do Serviço Pastoral a Pessoas com Deficiência.

 

Outros serviços

P. João Marques Ferreira dos Santos e P. Leonel Santiago Abrantes – Capelães do Carmelo de Aveiro.

P. João Paulo Soares Henriques – Capelão da Misericórdia de Estarreja.

P. Leonel Santiago Abrantes – Delegado diocesano para as Jornadas Mundiais da juventude.

P. Nuno Duarte da Silva Queirós – Delegado diocesano para o Congresso Eucarístico Internacional.

Fábio Daniel Mota Freches – Colaborador pastoral das paróquias da Unidade Pastoral de Águeda.

Nuno André Fernandes Gonçalves – Colaborar pastoral da paróquia de S. Tiago de Beduído, Estarreja.

 

As tomadas de posse serão coordenadas com os respetivos arciprestes e deverão ocorrer até ao fim de setembro.

 

Aveiro, 28 de julho de 2019.

+ António Manuel Moiteiro Ramos, Bispo de Aveiro.


 

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

  • Facebook
  • Google+
  • Twitter
  • YouTube